sobre collage: "Este fascínio a que aludimos (sua fascinação e sua erótica) decorre da função simbólica da imagem (como linguagem da experiência vivenciada mesmo) e que revista, subvertida, revolucionada na sua forma poética/plástica, readquire o sensível". Sérgio Lima, 1984

19.5.08

Perdão

8 comentários:

Mauricio disse...

Adorei o nome do blog

Adorei as colagens

Adorei os links!!!!!

Super prazer em te conhecer

Rodrigo Motta disse...

Gostei do Blog...
Bons trabalhos.

Abraço.

Ana Paula disse...

Ah...Miojita! Tá tudo lindo, estou imaginando aqui o trabalhão...mas dá pra perceber o prazer que vc está tendo em fazer. Qdo se gosta é outra coisa...rs.
Boa sorte em tudo aí. Vc tem muito talento garota!!!
Deus te abençoe!
Ana P.

Nano Costa disse...

Nossa que massa!! Não sei se estou falando bobagem, mas parece pop art... Tô até agora tentando lembra quem é a moça na janela... Ajuda ai vai!!!
Marcelo Nogal

Débora Kikuti disse...

Gosto muito das inscrições e inervenções sobre/sob/entre as colagens...Parabéns!!! Grande beijo!

Gideao disse...

adorei essa colagem! me corrija se eu estiver errado mas sempre q as pessoas pedem desculpa o rosto é mais ou menos parecido com esse seu quadro!não acha? acho que é a mistura d triteza e orgulho ferido!
ficou muito bom me da um lembraça de dias nublado chuvosos mais ou menos isso!!!

Thammy disse...

Adorei o blog!

As colagens são muito lindas além do trabalho realizado ser extremamente inteligente!!!

A única coisa que tenho a dizer á Parabéns pelo belíssimo trabalho!!!

Angela disse...

Meooo, adorei tudo!
Muito legal mesmo seu trabalho,da até vontade de colar,hehehe parabéns, adorei!
To deixando comentário nos meus favoritos!
Parabééns!
BEijo

Colar me faz bem!

todos esses trabalhos são feitos com recortes de revistas
que precisavam de uma nova chance.

todas essas imagens foram revistas das revistas e revisitadas algumas vezes até virem para cá.

todas as composições foram em nome de algum impulso e incontrolavelmente precisaram ser produzidas!

tudo, todos e todas esperam para serem vistos e revistos por seu olhar... Olhe, veja!

Aline Fonseca